domingo, 11 de março de 2012

Resolução - EXAME DE SUFICIÊNCIA – 2ª Edição 2011 - CONTADOR

4. Uma sociedade empresária apresenta no seu Ativo Não Circulante investimento em uma Subsidiária Integral. Em 31 de dezembro de 2010, foi apresentado o seguinte papel de trabalho para que fossem identificados os registros de eliminações e os saldos consolidados. Não existem lucros não realizados decorrentes de transações entre as companhias.



Contas
Controladora
subsidiária
Eliminação de Consolidação
Saldos Consolidados
Débito
Crédito
ATIVO CIRCULANTE
525.000,00
225.000,00

100.000,00
650.000,00
Letra A: V
Caixa
75.000,00
85.000,00


160.000,00
Clientes – terceiros
150.000,00
40.000,00


190.000,00
Clientes – Subsidiária
100.000,00
-

100.000,00
eliminado
Estoques
200.000,00
100.000,00


300.000,00






ATIVO NÃO CIRCULANTE
475.000,00
0

125.000,00
350.000,00
Letra B: V
Investimento em Subsidiária
125.000,00
-

125.000,00
eliminado
Imobilizado
350.000,00
-


350.000,00
TOTAL DO ATIVO
1.000.000,00
225.000,00


1.000.000,00
Letra D: F






PASSIVO
450.000,00
100.000,00
100.000,00

450.000,00
Fornecedores – terceiros
450.000,00



450.000,00
Fornecedores – Controladora
-
100.000,00
100.000,00

eliminado






PASSIVO NÃO CIRCULANTE
0
0









PATRIMÔNIO LÍQUIDO
550.000,00
125.000,00
125.000,00

550.000,00
Letra C: V
Capital Social
500.000,00
125.000,00
125.000,00

500.000,00
Reserva de Lucro
50.000,00
-


50.000,00






TOTAL DO ATIVO E PL
1.000.000,00
225.000,00


1.000.000,00



A partir da elaboração do Balanço Patrimonial Consolidado, assinale a opção INCORRETA.



a) O Ativo Circulante consolidado é de R$650.000,00.

b) O Ativo Não Circulante consolidado é de R$350.000,00.

c) O Patrimônio Líquido consolidado é de R$550.000,00.

d) O Ativo consolidado é de R$1.100.000,00.



Resolução:



A questão nos diz que a controladora tem 100% do capital da subsidiária, então o que iremos fazer adiante é o seguinte, eliminar a crédito ou a débito o que ficar em duplicidade na consolidação, pois consolidar é sinônimo de unir duas ou mais demonstrações. Eliminaremos os fatos que ligam as duas empresas e somaremos as outras transações



Primeiro temos no ativo circulante da controladora uma conta denominada Cliente – Subsidiária no valor de 100.000,00 e consequentemente temos 100.000,00 na conta fornecedores – controlada da subsidiária, isso significa que a subsidiária deve 100.000,00 a controladora. Estes 100.000,00 deve ser eliminado a crédito na Conta cliente(natureza devedora) e a debito na conta fornecedores(natureza credora), vide papel de trabalho.



Outra questão a ser observada é a seguinte como a controladora detem 100% do capital da subsidiária, então a conta investimento 125.000,00(devedor) deve ser eliminada a crédito e a conta capital social(credor) à debito.



Esses procedimentos visam não incorrer em duplicidade de informação na junção (Consolidação das duas demonstrações), as demais contas podem ser somadas ficando assim a consolidação. vide papel de trabalho.



Fundamentação - para responder essa questão o aluno deve ter conhecimento de:


CPC 36 (R2) Demonstrações Consolidadas ou CFC Resolução 1.240/09 alt. 1.273/10 e 1.351/11 ou NBC TG 36 ou ainda Deliberação CVM 668/11.

Nenhum comentário:

Postar um comentário